CONVENTO DO BEATO

LISBOA, 2004

Intervenção geral de recuperação e reabilitação parcial, imposta na sequência de incêndio. Procedeu-se à requalificação geral dos espaços, com predominância nas áreas mais severamente afetadas pelo sinistro, nomeadamente a ala frontal ao pátio, antiga hospedaria.
O conjunto edificado é essencialmente caracterizado pelas construções dos séculos XVI, XVII e XVII, tendo a ocupação privada/uso industrial (posterior a 1834) marcado de forma irremediável a autenticidade e integridade patrimonial arquitetónico de origem conventual. A utilização como sala de eventos, atos públicos e exposições permite uma utilização mais “suave” dos espaços, assegurando condições de sustentabilidade, preservação e valorização patrimonial.
A intervenção de caracter multidisciplinar, encontrou a oportunidade para a condução de sondagens e para a descoberta de mais e diversos elementos arquitetónicos relevantes para a história e compreensão do conjunto edificado, sendo a coordenação e projeto de arquitetura, o lugar onde, com grande sobriedade e discrição, se integraram os contributos dos diversos especialistas envolvidos.